sexta-feira, 29 de agosto de 2008

Capitão avisa: ‘Queremos o título’


A nove pontos do Grêmio, Fla não pensa somente em chegar ao G-4 Fábio Luciano tem planos ousados para o Fla no Brasileirão
Na última semana foi Juan, agora é a vez de Fábio Luciano declarar que a conquista de uma vaga na próxima Libertadores não basta. O Flamengo experimentou e gostou da sensação de ser líder do Brasileirão. No total, a equipe ficou na ponta por dez rodadas. Porém, o trágico mês de julho a fez perder o Grêmio de vista.
A distância chegou aos 12 pontos e atualmente está em nove. Restando 17 rodadas para o fim do torneio, o capitão Fábio Luciano dá o recado.
- Queremos entrar no G-4 o mais rápido possível, encostar no Grêmio e na reta final conseguir uma grande arrancada e conquistar aquilo que o elenco deseja: o título. Queremos o título – diz o zagueiro.
O Rubro-Negro não perde há quatro rodadas – dois empates e duas vitórias – e domingo enfrenta o Fluminense, no Maracanã. Um tropeço no clássico pode ser fatal para a pretensão de ser campeão.
Apesar disso, o otimismo com a chegada dos reforços impressiona. Depois de um período de poucas opções, o técnico Caio Júnior gosta do desempenho de alguns jogadores no treino. Sambueza e Everton são os que mais se destacaram até o momento.
- Fico feliz de ver no treino que não ganhamos em quantidade, mas sim em qualidade – analisa Fábio Luciano.
Jorge William/AGÊNCIA O GLOBO
(fonte: Globo.com)

Bruno 'aterroriza' o treino de faltas do argentino Sambueza

Argentino tem ótimo aproveitamento mesmo com o companheiro brincando



O Flamengo ganhou um bom cobrador de faltas. No treino desta sexta-feira, assim como fizera em outros dias da semana, o argentino Rubens Sambueza teve ótimo aproveitamento nas tentativas. Mesmo com um companheiro atrapalhando.

Bruno resolveu “ajudar” a barreira fixa e os goleiros Marcelo Lomba e Paulo Victor. Enquanto Sambueza chutava, o camisa 1 ficava atrás da barreira fazendo barulhos e pulando. A cena provocou risadas do estrangeiro.

Com a perna esquerda, o apoiador, que será reserva no Fla-Flu, mostrou talento e venceu tanto Bruno quanto o goleiro.

Caio Jr. comemora ausência de Thiago Neves

Após o treinamento desta sexta-feira na Gávea, o técnico do Flamengo, Caio Júnior, comemorou a consumada ausência do meia Thiago Neves para o clássico de domingo contra o Fluminense, às 18h10 (de Brasília), no Maracanã.

O jogador foi negociado com o Hamburgo, da Alemanha. "Ele é sem dúvida um dos grandes do futebol brasileiro. Bons jogadores, os clubes europeus pegam logo", disse Caio Júnior.

Apesar da ausência, o técnico espera um clássico difícil. "Com o Cuca o Fluminense evoluiu muito e está entre os grandes times do futebol brasileiro. Será um clássico difícil", alertou.

No treinamento, Caio resolveu optar, em cima da hora, pelo jovem Éverton, que veio do Paraná. O treinador testou Sambueza ao longo da semana, mas acabou barrando o argentino.

"Ele é um jogador moderno com drible, chute e pegada. Tem tudo para dar certo e brilhar no Flamengo", falou.

O meio de campo do Flamengo deve ter ainda Toró, Jaílton e Kléberson Outro argentino barrado foi Maxi Biancucchi, que perdeu a vaga para Obina. O jogador formará o ataque ao lado de Marcelinho Paraíba.

Marcelinho Paraíba admite: ‘Estou devendo um gol’

Atacante confirma que jogará com o cabelo vermelho e preto no clássico


Ansioso, sim. Nervoso, jamais. Aos 33 anos, o atacante Marcelinho Paraíba aguarda o primeiro Fla-Flu da sua carreira e reconhece que está devendo algo à torcida rubro-negra.

- Estou devendo um gol para a massa. Fico feliz por receber elogios dos torcedores por onde eu passo e quero retribuir esse carinho.

Depois de três jogos sem a propalada surpresa, o jogador confirmou: pintará o cabelo de vermelho e preto para o clássico.

- A estréia do novo visual será domingo. Estou perto do ideal e ansioso para entrar em campo. Mas sem essa de nervosismo – diz o jogador, que formará dupla de ataque com Obina.

Em sétimo lugar no Brasileirão com 36 pontos, o Flamengo enfrenta o Tricolor na próximo domingo, às 18h10m, no Maracanã. O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real.

Fla tem lucro superior a R$ 13 milhões na janela de transferências

Kleber Leite distribui papel sobre as contratações e saídas de jogadores


Entre 1º de julho e 29 de agosto, o Flamengo contratou nove jogadores e se desfez da mesma quantidade. Nesta sexta-feira, conforme prometido, o vice-presidente de futebol do Rubro-Negro, Kleber Leite, distribuiu à imprensa um balanço sobre a “janela do meio do ano”.
De acordo com os cálculos, o clube lucrou R$ 18,5 milhões e gastou pouco mais de R$ 5,1 mi para repor as peças perdidas. Ou seja: superávit de R$ 13,345 milhões. Dos reforços, o mais caro foi Josiel, que entre luvas, pagamento por empréstimo e comissões custou R$ 1,2 mi.

Já na coluna das vendas, o Flamengo se desfez de nove jogadores. Porém, só três trouxeram lucro: Renato Augusto (R$ 13 milhões), Souza (R$ 4,75 milhões) e Marcinho (R$ 750 mil).

- Os números estão aí. Só não são mais abertos porque não posso dizer o salário dos jogadores – explica Kleber, que estava ao lado do presidente do Conselho Fiscal, Leonardo Ribeiro.

Segundo o dirigente, o troca-troca de jogadores teve impacto mínimo na folha salarial, que girava em torno de R$ 3,3 milhões, já com os encargos.

- Aumentou muito pouco. Até porque os três que saíram (Marcinho, Souza e Renato Augusto) eram do nível peso-pesado.

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Sambueza inicia coletivo no time titular


O duelo entre os amigos Rubens Sambueza e Dario Conca tem mais chance de acontecer desde o início do Fla-Flu deste domingo. Em coletivo na tarde desta quinta-feira, o técnico Caio Júnior escalou o argentino na equipe titular pela primeira vez na semana. E ele foi muito bem.
Regularizado na CBF, Sambueza entrou na vaga de Cristian e formou o meio-campo com Jaílton, Toró e Kleberson. No ataque, outra mudança. Obina entrou na vaga de Maxi, que foi titular na última rodada.
No primeiro tempo, os titulares venceram os reservas por 3 a 0, com três de Obina. Marcelinho Paraíba foi outro que brilhou no treino, com ótima participação. Na segunda parte, Caio tirou Obina e Sambueza e colocou Everton e Maxi. Essa parte terminou 1 a 0 para os reservas, gol de Fernandão.
A provável escalação do time para o Fla-Flu é: Bruno; Leo Moura, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Juan; Jaílton, Toró, Kleberson e Sambueza; Marcelinho Paraíba e Obina.

Fierro e Josiel
Pela primeira vez, o meia chileno Gonzalo Fierro e o atacante Josiel estiveram na Gávea. Eles vestiram o uniforme de treino, mas ficaram na sala de musculação. Os dois serão apresentados oficialmente às 18h, mas estão fora do clássico de domingo contra o Fluminense.
Fonte :GLOBO.COM

Um novo Fla, com a velha fachada

Janir Júnior (O DIA)
Rio - Caio Júnior deu provas ontem, no primeiro treino tático para o Fla-Flu e já com os novos reforços — à exceção de Josiel e Fierro —, que a ‘Tropa de Elite’ formada por Joel Santana será modificada aos poucos para não causar revoltas no pelotão. O técnico escalou o meio-campo cheio de volantes: Jaílton, Cristian, Toró e Kléberson. No ataque, mistério: Marcelinho Paraíba será titular. Maxi, Obina e Vandinho brigam pela outra vaga.
Como já era previsto nessa fase de transição, Caio Júnior quer ter cuidados para não criar insatisfações. “Terei que trabalhar novamente a questão dos egos para fazer todos se sentirem úteis. É quase certo que o Everton e o Sambueza serão aproveitados. O Vandinho também se recupera bem da lesão. Com calma, vou decidir o time para o clássico. Quero escalar os reforços no momento certo, pois ainda não tive como analisá-los”, afirmou.
Everton demonstrou boa movimentação no treino. Sambueza imprimiu forte marcação e foi bem na distribuição de bolas. Como Caio antecipou, os dois devem ser aproveitados durante o jogo. Fernandinho também teve boa mobilidade e Fernandão finalizou bem.
Apesar de ainda não ter confirmado o time, Caio Júnior não promoverá grandes mudanças na equipe. A principal alteração parece ter sido no semblante do técnico, que ontem já exibia um sorriso de maior satisfação com a chegada dos reforços. “Voltamos a ter um elenco encorpado”, vibrou.

JULGAMENTO PREOCUPA
A preocupação de Caio está no tribunal. Amanhã, Ronaldo Angelim e Cristian serão julgados no STJD. Os julgamentos são referentes ao jogo com o Santos. O caso do volante é o que mais preocupa. Cristian deu uma cotovelada em um adversário e responderá no artigo 254 ( jogada violenta), cuja pena varia de duas a seis partidas. Os advogados admitem que ele pode pegar um gancho. Angelim está no artigo 255 (ato de hostilidade), e a chance de absolvição é maior.

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Novidades no ninho

CONFIRMADO!
Nossa companheira de blog "Ruti" fez a maior contratação de sua vida e dentro de nove meses dará ao mundo, mais um (a) feliz rubro-negro.
Parabéns à futura mamãe, extensivos ao papai Acácio.

Fla realiza treino físico pela tarde


(fonte: Agênciafla)
Equipe começa a preparação para o Fla-Flu de domingo.
O elenco do Flamengo voltou aos trabalhos nesta tarde de terça-feira, na Gávea. A comissão técnica começa a preparar a equipe para o importante clássico de domingo, contra o Fluminense, no Maracanã.
O preparado físico Ronaldo Torres comandou um forte treinamento físico para os jogadores. A novidade foi a presença do novo reforço, Everton, que participou da atividade com o restante dos companheiros.
O atacante Vandinho treinou normalmente com o elenco e mostrou estar curado da contratura muscular na coxa. O jogador é uma das opções de Caio Júnior para formar o ataque para o Fla-Flu.
Bruno, com uma ferida no pé, não treinou, mas não é problema para domingo. Marcelinho Paraíba foi liberado do treinamento para resolver problemas particulares na Paraíba.

Vamos guardar essa e conferirmos no final do campeonato

Segundo matemático, Grêmio tem 55% de chances de ser campeão

Possibilidades de ir para a Libertadores são de 92%, conforme aponta a análise de Tristão Garcia

(Fonte: Zerohora.com Porto Alegre)


As últimas duas rodadas do Brasileirão não foram boas para os gremistas. Mas os números do campeonato, graças à campanha no primeiro turno e aos resultados de seus adversários, ainda são favoráveis ao time de Celso Roth. Afinal, faltando 16 etapas para o fim, as chances de a taça ser do Grêmio são de 55%.

Quem garante é o matemático Tristão Garcia, que compara o campeonato nacional a uma maratona.

– O Grêmio tem de olhar para o seu ritmo na prova. Ele está na frente. De vez em quando, é bom dar uma olhadinha para trás. Torcedor: quer saber se seu time está na briga para ser campeão? Pegue a rodada em questão, multiplique por dois. Compare o resultado com o número de pontos de seu time. Igual ou superior, comemore – explica o professor.

Garcia define o cálculo de uma forma resumida, mas objetiva: são 77 os pontos necessários para ser campeão. O Grêmio teria de somar quatro pontos a cada seis disputados – uma vitória e um empate. Número que corresponderia a 67,5% de aproveitamento no final do campeonato. Ou seja, inferior aos 68,2% que o time da possui atualmente, com 45 pontos.

Levando em conta que o Grêmio tem oito partidas em casa, bastaria vencer os jogos em seus domínios e manter a boa regularidade como visitante — tem cinco vitórias e três empates em 11 jogos. Segundo Garcia, outra vantagem dos azuis está na constante mudança nos chamados "perseguidores" — os outros candidatos ao título.

– O campeão tem de ter competência e sorte. Ganhar pontos e torcer para que os perseguidores mudem de figura, não se mantendo sempre o mesmo adversário, pois daí a oscilação da média de pontos aumenta – explica.





TABELINHA (primeiro número é chance de título, segundo é chance de Libertadores)



1) Grêmio 55% / 92%
2) Palmeiras 13% / 66%
3) Cruzeiro 12% / 61%
4) Botafogo 8% / 51%
5) São Paulo 3% / 36%
6) Vitória 3% / 27%
7) Flamengo 3% / 32%
8) Coritiba 3% / 32%
9) Inter — 2%
10) Figueirense — 1%

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Josiel chega hoje no Rio


Josiel deixa o Al-Wahda e deve desembarcar no Rio de Janeiro na noite desta terça-feira e ser apresentado oficialmente amanhã (quarta-feira).
Josiel hoje com 28 anos, encara o principal desafio da carreira: jogar no mengão.

Segundo garante: "Os gols vão sair. Mas como promessa é dívida, prometo luta e dedicação. Mas o Flamengo vai virar a maré. Tem um grupo muito forte. Vou trabalhar e fazer o mesmo que no Paraná" – afirma o reforço flamenguista.

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

Gonzalo Fierro

Confira alguns momentos deste jogador pretendido pelo Flamento (meia-direita) que atua no Colo Colo - Chile.
video

JORNAIS DO DIA SEGUINTE

O GLOBO

Bruno erra, Fla perde gols e empata

Time joga melhor no segundo tempo, tem várias chances, mas fica no 1 a 1 com o Inter
PORTO ALEGRE. Não é possível afirmar que, se não fosse a falha de Bruno no gol do Internacional, o Flamengo teria vencido no Beira-Rio. Após ir para o intervalo dominado e derrotado por um gol nascido em erro clamoroso do goleiro, o time voltou transformado no segundo tempo, empatou o jogo e perdeu inúmeras chances. O 1 a 1 no ótimo jogo de ontem, que em outras circunstâncias poderia ser bom resultado, deixou ao Flamengo a sensação de que dava para fazer algo mais.
Com 36 pontos, o Flamengo é o sétimo colocado e segue próximo da zona de classificação à Libertadores.
- Fiquei feliz e triste. Queria ter feito aquele último gol - lamentou Obina, que fez o gol de empate e perdeu chance incrível nos acréscimos.
Desorientado no início, o Flamengo não agredia e sua defesa era envolvida. Aos oito minutos, Bruno espalmou chute de Guiñazu. No rebote, Nilmar sofreu pênalti do goleiro e o juiz não deu. Quando o Flamengo já continha o ímpeto do rival, veio o despretensioso lançamento de Gustavo Nery aos 14. Bruno foi dominar uma bola fácil, soltou e Nilmar cabeceou para o gol.
- Eu me precipitei na saída, errei - reconheceu Bruno.
Salvo um chute errado de Ibson, o Flamengo não ameaçava. E falhava atrás, mesmo com a troca de Jaílton, que levara cartão, por Toró. Aos 36, Nilmar quase fez de cabeça. Aos 42, ele driblou Bruno, chutou e Fábio Luciano salvou na linha.
No intervalo, Caio Júnior trocou Maxi por Obina. E fez mais. Mudou a postura e reorganizou o time, que pressionou no segundo tempo. O hábil ataque gaúcho, aos poucos, deixou de ser municiado e o Flamengo dominou. Aos 14, Juan, outra vez decisivo, fez sua segunda jogada individual seguida pela esquerda e levou a segunda falta seguida. Ele mesmo cobrou na cabeça de Obina, que empatou.
No final, rubro-negro tem duas chances de virar o jogo
O Flamengo não recuou. Aos 23, Juan driblou Rosinei e chutou com perigo. Aos 24, Marcelinho Paraíba deu ótimo passe para Kleberson entrar na área e chutar mal. Aos 34, Ibson recebeu perto da área e chutou. Clemer fez bela defesa.
Cansado, Marcelinho deu lugar a Erick Flores. Aos 46, Erick recebeu de Obina e chutou na trave. Aos 47, Juan deu lindo passe para Obina, livre na área, chutar para fora a maior chance da virada. Na resposta, aos 48, Nilmar driblou Fábio Luciano e chutou rente ao gol.
- Nilmar é o melhor atacante do Brasil. Não achamos a marcação no primeiro tempo. No segundo, tivemos chance de ganhar - disse Caio Júnior.
Internacional: Clemer, Índio (Danny Morais), Bolívar e Marcão; Rosinei, Magrão (Taison), Guiñazu, D'Alessandro e Gustavo Nery; Alex (Adriano) e Nilmar. Flamengo: Bruno, Leonardo Moura, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Juan; Jaílton (Toró), Aírton, Ibson e Kleberson; Marceilnho Paraíba (Erick Flores) e Maxi (Obina). Juiz: Sérgio da Silva Carvalho (DF). Cartões amarelos: Rosinei, Magrão, D'Alessandro, Adriano, Aírton, Ibson, Fábio Luciano, Erick Flores e Jaílton. Renda: R$456.609,00. Público: 29.329 pagantes.

FLAMENGO
BRUNO: Cometeu falha bisonha no gol. Andou indeciso em alguns centros para a área. 3.
LEONARDO MOURA: Ofensivo no segundo tempo, armou boas jogadas. 6
FÁBIO LUCIANO: Teve dificuldade nas jogadas de velocidade. 5,5.
RONALDO ANGELIM: Ajudou Juan no avanço pela esquerda. Firme no combate. 7.
JUAN: Deu para Obina a bola do gol de empate e lindo passe para o atacante perder um gol. 8.
JAÍLTON: Perdido na marcação, e com cartão amarelo, foi sacado. 4. TORÓ foi importante na marcação. 6,5.
AÍRTON: Desarmou muito, mas precisa ser mais calmo na hora dos passes. 6.
KLEBERSON: Bons passes. Errou quando pôde finalizar. 6.
IBSON: Incansável, ajudou em todos os setores. Quase marcou no segundo tempo. 7.
MARCELINHO PARAÍBA: Enquanto teve fôlego, segurou a bola na frente. 6,5. ERICK FLORES o substituiu e, mesmo sem ser atacante de origem, deu chute perigoso na trave. 6.
MAXI: Anulado pela marcação no primeiro tempo. 4. No intervalo, deu lugar a OBINA, que fez o gol, mas perdeu uma ótima chance. 7.
CAIO JÚNIOR: Reorganizou o time no intervalo. 7.
INTERNACIONAL
Nilmar é o grande jogador do time. D'Alessandro abusou das provocações e produziu pouco.
ARBITRAGEM
Sérgio Carvalho não marcou um pênalti de Bruno em Nilmar no primeiro tempo.







JORNAL DOS SPORTS

Airton e Ibson fora do Fla-Flu

O Flamengo já tem dois desfalques garantidos para a o clássico de domingo com o Fluminense, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os meio-campistas Airton e Ibson receberam o terceiro cartão amarelo na partida de ontem, contra o Internacional, em Porto Alegre, e desfalcarão a equipe no próximo final de semana.
Sem os dois jogadores, a tendência é que o técnico Caio Júnior comece a partida com Toró na vaga de Airton. Para a posição de Ibson, o treinador deve promover a estréia do argentino Sambueza, que já terá condições de jogo. Cristian deve continuar no banco, já que a torcida rubro-negra vem pegando em seu pé há um bom tempo.
Além da estréia de Sambueza, Caio Júnior vai poder contar também com a volta do atacante Vandinho, que deve entrar na equipe na vaga de Maxi.
O atacante Josiel e o apoiador Everton, recém contratados, chegam durante esta semana, mas dificilmente terão condições de atuar no domingo.
Já sobre a possível contratação do chileno Gonzalo Fierro, o empresário do atleta disse que as chances dele pintar na gávea são de 50%. As negociações devem continuar durante a semana. Recentemente, o vice-presidente de futebol, Kleber Leite, disse que mais novidades podem surgir até o final do mês, quando acaba a janela de transferência.

Bruno: 'Falhas acontecem'

Um dos melhores goleiros do Brasil, Bruno foi um dos personagens fundamentais no empate em 1 a 1 contra o Internacional. Não pelas boas defesas como de costume, mas com uma falha bisonha que resultou no gol do Inter. O goleiro sabe que falhou, mas para ele isso acontece.

"A bola quicou e eu acabei me atrapalhando. Assumo que falhei, mas isso acontece. Agora é pensar para a frente e tentar não repetir isso", disse.

Se o time rubro-negro tivesse vencido, estaria no G4. Agora só com o trabalho duro para que as falhas não voltem a acontecer.

(Fonte:AgênciaFla)

domingo, 24 de agosto de 2008

PAPO DE TORCEDOR

Um primeiro tempo ridículo contra o Inter!!! Mas ridículo mesmo foi o gol que o Bruno tomou!!! Não tem jeito, a cada três jogos o Bruno pega bolas impossíveis, mas toma um frango!! Eu preferiria um goleiro que não pegasse tantas bolas improváveis, mas que não falhasse tão frequentemente!! O mengão precisa de alguém no meio que pense e um na frente pra fazer o pivô!! Não vou fazer julgamento do Paraíba ainda, mas uma certeza já dá pra ter, ele não é centroavante, é um bom meia-atacante - tipo um Marcinho - muito esforçado, mas erra passe pra caramba!!! Vamos aguardar, o cara nem se adaptou ainda... E o juizão hein?!! Já entrou de amarelo de banana que é. O pau cantou na casa de Noca e ele não fez nada. Mas no fim o mengão fez um bom 2º tempo e o empate acabou sendo um resultado justo.

Em jogo disputado Fla fica no empate com o Inter

O primeiro tempo do Flamengo de fato foi fraco, mas no segundo tempo o Mengão veio com força total e mudou de atitude. Antes mesmo dos quatro minutos, Marcelinho Paraíba já havia arriscado dois chutes a gol. O tão desejado gol veio com Juan cobrando falta da esquerda, Obina foi mais eficiente que Clemer e empatou o jogo. Mais uma vez Obina demonstrou sua raça, apesar de uns poucos torcedores estarem contra ele, Obina fez jus ao seu apelido de “amuleto da sorte”. Depois do gol a partida melhorou e ficou mais aberta. O Fla passou a assustar mais. Apesar de ter sido um resultado ruim, devemos comemorar, pois já são quatro jogos sem derrotas (dois empates e duas vitórias). Agora é aguardar o clássico contra o Fluminense.

sábado, 23 de agosto de 2008

OS MASCOTES







O Popeye :
Criado nos anos 40 pelo cartunista argentino Mollas, representava a força e a valentia com que o clube revertia situações quase que impossíveis.










O Urubu : Em 1969, o urubu surge como símbolo oficialmente. A ave aparece em campo com uma bandeira do clube no pescoço como parte das provocações das torcidas adversárias, pouco antes do início de Flamengo x Botafogo, onde o Flamengo vence, quebrando um tabu de vitórias contra o Botafogo que durava desde 29/07/1967 (9 jogos). O mascote foi estilizado pelo cartunista Henfil., do Jornal do Sports. A troca foi realizada principalmente pelo Popeye ser um herói americano, porém nunca deixou de ser lembrado.

Abaixo a ficha do jogo da quebra do tabu

C.R. Flamengo 2 x 1 Botafogo (RJ)
Campeonato Carioca - 2º Turno
01/06/1969 - Estádio: Maracanã - Rio de Janeiro
Time: Dominguez, Murilo, Guilherme, Onça, Paulo Henrique, Liminha, Rodrigues Neto, Doval, Dionísio, Luís Claudio e Arilson.
Gols: Arilson e Doval.

COMO SURGIU O SLOGAN O MAIS QUERIDO DO BRASIL

Foi em 1927 que o Flamengo ganhou outra importante disputa com o Vasco. Tudo aconteceu quando o Jornal do Brasil lançou um concurso para escolher "O Clube mais querido do Brasil". O vencedor levaria a "Taça Salutaris", troféu de cerca de um metro e meio, banhado em prata, oferecido por uma engarrafadora de água mineral do mesmo nome.

O procedimento do torcedor era levar o rótulo do produto preenchido com o nome do seu time na sede do Jornal do Brasil. Ao final quem tivesse mais votos, Flamengo ou Vasco, ganhava o concurso. Simpatizantes dos dois clubes mobilizaram-se para a batalha. Os portugueses encheram sacolas e mais sacolas de rótulos. Por serem comerciantes tinham maior poder aquisitivo é claro.
Mas os Rubro-Negros não se deram por vencidos e brilhantemente reverteram o golpe português, que saiu pela culatra. No dia da apuração, disfarçados (com escudinhos do Vasco na lapela e sotaque lusitano) receberam os cupons dos "patrícios" e despejaram tudo fora. No começo, nas latrinas do prédio do jornal e mais tarde , no poço do elevador.
Saiu o resultado e a "Salutaris" é levada em triunfo para a Praia do Flamengo, onde se segue um longo e debochado carnaval. Os vascaínos protestam , fazem questão de divulgar o episódio, achando que com isso iriam estragar a reputação Rubro-Negra. Mas outra vez o tiro sai pela culatra. O cartaz do Flamengo só faz aumentar. Afinal, a imaginação, inteligência, criatividade e a audácia de seus torcedores superaram o poderio econômico e as armações vascaínas. Armações que vemos até hoje e que na maioria das vezes destruímos dentro e fora de campo. O Vasco que enxugue as lágrimas sempre.

Abaixo a foto da TAÇA SALUTARIS com a primeira bandeira nas cores azul e ouro ao fundo


ESCUDOS

O escudo ao lado simboliza os esportes aquáticos e o Clube de Regatas Flamengo como um todo.



O escudo ao lado é simboliza os esportes terrestres, como futebol, basquete, vôlei e etc.

OS UNIFORMES

A cada post colocarei aqui algumas dicas e estatística do nosso mengão, espero que gostem.



PAPAGAIO VINTÉM:

- Foi o primeiro uniforme utilizado no futebol, no jogo de estréia

C.R.Flamengo 16 x 2 Mangueira. Este uniforme foi criado por exigência do atletas do Remo que não permitiam a utilização do uniforme oficial do clube nas cores preto e vermelho em listras horizontais. O uniforme conforme mostra a figura ao lado, era composto de 4 grandes quadrados (dois pretos e dois vermelhos alternados) e por se assemelharem muito as pipas/papagaios da época ganhou o apelido jocoso de papagaio vintém. Este uniforme durou até o jogo de 15/11/1913 Flamengo 1x0 América. Em 1995 foi relançada para homenagear o centenário do clube, porém somente utilizadas em amistosos e neste ano apenas.


-------------------




COBRA CORAL :

- A camisa Cobra Coral (camisa listrada nas cores preto e vermelho com frisos brancos entre as listras) ganhou este apelido por lembrar o animal de peçonha, a cobra coral.Mas, além de parecer com o animal havia outra semelhança. As cores eram iguais as da Alemanha que na época (final do ano de 1913) já era inimiga pública mundial. Sendo assim esta camisa também não durou muito tempo e em 28/05/1916 na derrota para o Bangu por 3x2 foi utilizada pela ultima vez.


-------------------



CAMISA RUBRO-NEGRA (MODELO 01 - 1916 a 1984)

- Finalmente em 1916 os atletas do remo autorizam a utilização do uniforme oficial do clube.

- O primeiro modelo da camisa rubro-negra foi criado em 04/06/1916 e durou até 01/04/1984. É baseado na figura ao lado (listras nas cores vermelho e preto com a letras CRF, abreviação de Clube de Regatas Flamengo no alto no lado esquerdo).

- As três estrelas verticais em referência aos três tricampeonatos estaduais 42-43-44/53-54-55/78-79-79e) são adotadas no segundo semestre de 1980.

- Ao logo de todo este período, as únicas variações são a espessura das listras e a inclusão das três estrelas em 1980.


-------------------



CAMISA RUBRO-NEGRA (MODELO 02 - 08/04/1984 a 1999)

- No segundo modelo da camisa rubro-negra, criado em 08/04/1984 no jogo C.R.Flamengo 3x0 América RJ, a novidade é o patrocínio, algo até então inédito no Brasil (o Flamengo foi o primeiro clube do Brasil a possuir um patrocinador). O patrocínio era da empresa Petrobrás, a mesma estampava na camisa rubro negra a marcar de seu óleo LUBRAX, da subsidiária BR Distribuidora.

- A camisa muda alguns detalhes ao logo do período como o acréscimo do nome Petrobrás nas costas, na altura do ombro. Porém, o layout é o mesmo.

Obs: O primeiro clube do Brasil a usar publicidade em uniforme foi o Internacional (RS), em 16.02.82, no jogo Inter x Peñarol em Montevidéu, no estádio Centenário, pelo Torneio de Mar del Plata. Como era proibido no Brasil a publicidade nas camisas, o INTER a utilizou no exterior. O patrocínio era da Pepsi Cola. O jogo foi 1 x 1 e o INTER perdeu nos pênaltis por 3 x 1 e não fez a final contra o Vasco que venceu ao Defensor (URU).

(fonte do site : www.colecionadorcolorado.com.br - Ricardo Bestetti).


-------------------



CAMISA RUBRO-NEGRA (MODELO 03 - 2000 a 26/09/2004)

- No terceiro modelo da camisa rubro-negra, a mudança é a retirada das letras CRF. É colocado em seu lugar o escudo do clube e as estrelas passam da posição vertical para horizontal acima do escudo. Em 2001, após o TRI, é acrescentada mais uma estrela em relação ao 4º TRI e uma estrela amarela em referência ao mundial de 1981.


-------------------



CAMISA RUBRO-NEGRA (MODELO 04 - 29/09/2004 ate ao dias atuais)

- No quarto modelo da camisa rubro- negra, a mudança é novamente no distintivo da camisa. Sai o escudo do clube e voltam as letras CRF, porém, agora apenas com uma estrela amarela em referência ao mundial de 1981 acima das letras.

- A mudança ocorreu no jogo C.R.Flamengo 0x0 Corinthians SP em 29/09/2004.


-------------------



SEGUNDO UNIFORME - CAMISA BRANCA (MODELO 1 - 1938 a 1979 e 1993 ate o primeiro semestre de 2007)

- O segundo uniforme do C.F.Flamengo foi criado em 1938 por sugestão de Dori Krueschner para ser utilizado em jogos noturnos e diferenciar em campo os jogadores do Flamengo de outros jogadores de clubes cujo uniforme fosse rubro-negro também.

- Este uniforme teve basicamente duas mudanças: A foto ao lado mostra a base do primeiro modelo. Camisa toda branca com uma faixa horizontal preta e vermelha no meio da camisa e o escudo do clube ao centro da faixa.


-------------------



SEGUNDO UNIFORME - CAMISA BRANCA (MODELO 2 - 1980 a 1993 e voltou a ser utilizado a partir do segundo semestre 2007)

- O segundo modelo do segundo uniforme foi criado em 1980. Camisa toda branca com detalhes nos braços e ombros vermelho e preto com as letras CRF na altura do coração.

- Com esta camisa, o C.F.Flamengo conquistou seu maior título, o de campeão mundial interclubes em 1981.

-Curiosidade : Este modelo de camisa foi criado na época. pela esposa do presidente Marcio Braga.


-------------------



TERCEIRO UNIFORME - CAMISA PRETA (1999 e 2000)

- A primeira tentativa de se criar o terceiro uniforme foi em 21/07/1999 - C.R.Flamengo 1x0 Grêmio, porém esta camisa foi pouquíssimo utilizada e logo aposentada.

- Como mostra a figura ao lado, modelo todo preto com detalhes em vermelho nas laterais e ombros, com as letras CRF ao centro da camisa.


-------------------



TERCEIRO UNIFORME - CAMISA VERMELHA (2000 e 2001)

- A segunda tentativa de se criar o terceiro uniforme ocorre em 23/01/2000 no torneio Rio - São Paulo, porém ela não trouxe muita sorte ao Flamengo, que sofre 4 derrotas em 4 jogos. É utilizada também pela última vez no jogo Flamengo 0x0 Vasco em 13/05/2001.

- Como mostra a figura ao lado, modelo todo vermelho com frisos pretos nas laterais e ombros, com o escudo do clube do lado esquerdo. Esta camisa possuía no braço direito um selo comemorativo dos 105 anos de fundação do clube.


-------------------



CAMISA COMEMORATIVA DO CENTENÁRIO (1995)

- Esta camisa foi criada para ser utilizada em jogos amistosos no ano do centenário (1995), porém o conselho deliberativo do clube não aprovou, sendo assim a camisa não é utilizada em nenhum jogo oficial.

- Como mostra a figura ao lado, modelo azul escuro com listras pretas, vermelhas e amarelas em referência as quatro cores que o clube já possuiu (azul e amarelo- as cores iniciais- e vermelho e preto as cores atuais) e o escudo do clube e não do futebol, a esquerda e no alto.

A ORIGEM DAS CORES

As primeiras cores foram o Azul (da Baía da Guanabara) e o Ouro (das riquezas brasileiras), que em 1896 são trocadas para o Vermelho e Preto que eram as cores da bandeira do Jockey Clube Brasileiro, conforme depoimento de um dos fundadores do clube Augusto Lopes da Silveira a publicação ÁLBUM RUBRO NEGRO (Edição nº. 01 de 1952 página 94); devido ao Azul e Ouro desbotarem com muita facilidade por causa da salinidade das águas da Baía da Guanabara e do sol, além da dificuldade na importação do tecido da França e da Inglaterra.

Obs.: A primeira bandeira nas cores vermelho e preto, foi confeccionada pela esposa do Sr. Augusto Lopes da Silveira

Abaixo, a primeira bandeira do clube nas cores originais da fundação (azul e ouro)





Algumas curiosidades do Mengão

Abaixo está uma lista com muitas curiosidades sobre o Mengão:

FLAMENGO É ELEITO UM DOS 10 MAIORES CLUBES DE TODOS OS TEMPOS PELA FIFA!!!

Eleição da FIFA
Em 11 de dezembro de 2000, em Roma, a FIFA anunciou o nome dos maiores clubes do Século XX. Terminado o século e o milênio, o Flamengo é uma das três únicas equipes brasileiras a figurar no mais seleto rol do futebol mundial. O Santos é o 5º colocado, o Flamengo é o 9º e o Botafogo o 13º.
A classificação oficial anunciada pela FIFA é a seguinte:

1º) Real Madrid (Espanha )
2º) Manchester United (Inglaterra)
3º) Barcelona (Espanha)
4º) Bayern Munique (Alemanha)
5º) Santos (Brasil)
6º) Ajax (Holanda)
7º) Juventus (Itália)
8º) Peñarol (Uruguai)
9º) FLAMENGO (Brasil)
10º) River Plate (Argentina)
11º) Milan (Itália)
12º) Liverpool (Inglaterra)
13º) Botafogo (Brasil)
14º) Benfica (Portugal)
15º) Independiente (Argentina)
16º) Internazionale (Itália)
17º) Arsenal (Inglaterra)


OS RECORDES DE PÚBLICO - A INDISCUTÍVEL SUPERIORIDADES RUBRO-NEGRA SOBRE AS DEMAIS TORCIDAS:

Obs: Veja em azul a participação do C.R.Flamengo nos maiores públicos da história do futebol brasileiro (no Maracanã, no campeonato carioca e no campeonato brasileiro).



- DO MARACANÃ (está presente em 6 dos dez maiores públicos, somente sendo superado pela Seleção Brasileira em 4 oportunidades)

- Brasil 1×0 Paraguai - 31/08/1969 - 183.341 - Eliminatórias para Copa do Mundo de 1970

- C.R. Flamengo 0 x 0 Fluminense - 1963 - 177.020 - Decisão do Campeonato

- C.R. Flamengo 3 x 1 Vasco da Gama - 1976 - 174.770 - Segundo Turno do Campeonato

- Brasil 4×1 Paraguai - 21/03/1954 - 174.599 - Eliminatórias para Copa do Mundo de 1954

- Brasil 1×2 Uruguai - 16/07/1950 - 173.850 (*)- Copa do Mundo de 1950

- C.R. Flamengo 2 x 3 Fluminense - 1969 - 171.599 - Decisão do Campeonato

- C.R. Flamengo 0 x 0 Vasco da Gama - 1974 - 165.358 - Decisão do Campeonato

- Brasil 6×0 Colombia - 09/03/1977 - 162.764 - Eliminatórias para Copa do Mundo de 1978

- C.R. Flamengo 2 x 1 Vasco da Gama - 1981 - 161.989 - Decisão do Campeonato

- C.R. Flamengo 1 x 0 Vasco da Gama - 1973 - 160.342 - Semi final do Campeonato


(*) Estima-se que o público total deste jogo foi de aproximadamente 205.000 pessoas, porém o registro oficial é de 173.850 pessoas.


- DO CAMPEONATO CARIOCA ( está presente nos 10 maiores !!!! )

Obs: todos os jogos abaixo foram realizados no Maracanã.

- C.R. Flamengo 0 x 0 Fluminense - 1963 - 177.020 - Decisão do Campeonato

- C.R. Flamengo 3 x 1 Vasco da Gama - 1976 - 174.770 - Segundo Turno do Campeonato

- C.R. Flamengo 2 x 3 Fluminense - 1969 - 171.599 - Decisão do Campeonato

- C.R. Flamengo 0 x 0 Vasco da Gama - 1974 - 165.358 - Decisão do Campeonato

- C.R. Flamengo 2 x 1 Vasco da Gama - 1981 - 161.989 - Decisão do Campeonato

- C.R. Flamengo 1 x 0 Vasco da Gama - 1973 - 160.342 - Semi final do Campeonato

- C.R. Flamengo 2 x 2 Botafogo - 1979 - 158.477 - Decisão do Campeonato

- C.R. Flamengo 0 x 0 Fluminense - 1976 - 155.116 - Taça Guanabara

- C.R. Flamengo 0 x 1 Fluminense - 1984 - 153.520 - Decisão do Campeonato

- C.R. Flamengo 0 x 0 Vasco da Gama - 1977 - 152.059 - Decisão do 2º Turno


- DO CAMPEONATO BRASILEIRO (está presente em 7 dos dez maiores)

Obs: todos os jogos abaixo foram realizados no Maracanã.

- C.R.Flamengo 3×0 Santos SP - 29/05/1983 - 155.523 - 2º jogo da decisão

- C.R.Flamengo 3×2 Atletico MG - 01/06/1980 - 154.355 - 2º jogo da decisão

- Fluminense RJ 1×1 Corinthians SP - 05/12/1976 - 146.043

- C.R.Flamengo 1×1 Gremio RS - 18/04/1982 - 138.107 - 1º jogo da decisão

- C.R.Flamengo 1×3 Botafogo RJ - 19/04/1981 - 135.487 - 4as de final

- Fluminense RJ 0×0 Vasco RJ - 27/05/1984 - 128.781

- C.R Flamengo 2×2 Botafogo RJ - 19/07/1992 - 122.001 - 2º jogo da decisão

- C.R.Flamengo 1×1 Vasco RJ - 08/05/1983 - 121.353 - 4as de final

- C.R.Flamengo 2×1 Guarani SP - 11/04/1982 - 120.441 - Semi final

- Vasco RJ 2×2 Internacional RS - 28/07/1974 - 118.777


OUTRAS CURIOSIDADES:

**O jogador que atuou mais vezes pelo Flamengo foi o lateral-direito Junior,ele atuou 874 vezes com a camisa rubro-negra, já o meia Zico,o maior ídolo do Mengão,foi o jogador que mais vezes marcou gols com a camisa rubro-negra,ao todo,foram 509 gols.

**As maiores goleadas aplicadas pelo Mengão ocorreram pelo Campeonato Carioca,o Flamengo goleiou por 16×2 o Mangueira(em 1912) e o River(em 1933).

**Já as duas maiores goleadas sofridas pelo Flamengo,foram pelo placar de 9×2 para o Botafogo(em 1927 pelo Campeonato Carioca) e para o Motherwell da Escócia(num amistoso em 1960).

** É do Flamengo a honra de ser o primeiro clube do Brasil a ter uma torcida organizada - “A Charanga Rubro-Negra” criada por Jayme de Carvalho (Nascido em Salvador, Bahia, no dia 9/11/1911), onde ele reuniu um grupo de pessoas com alguns instrumentos, no jogo Flamengo 1×1 Fluminense em 11/10/1942 nas Laranjeiras e tocava animadamente. Porém, “um pouco” desafinado. Sendo assim, o locutor - Rubro-Negro fanático e também muito crítico - Ary Barroso, comenta: “isso não é uma torcida é uma charanga…” e assim o apelido pegou, nascendo assim a PRIMEIRA torcida organizada do Brasil. Após o nascimento da Charanga do Jayme, outras torcidas no Flamengo e nos outros clubes surgiram. No Flamengo vale citar :
- Torcida Jovem
- Raça Rubro Negra
- Flamante.
- Flaponte.
- Dragões.
- Falange Rubro Negra.
- Fla 12.
- Nação Rubro Negra.
Dentre outras que fazem só aumentar o brilho do Flamengo pelo Brasil e pelo Mundo !!!.
PARABÉNS A TODAS !!!!!!.

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Parabéns Juan


Vale cumprimentá-lo pela convocação para a seleção brasileira, mas principalmente pelas declarações dadas logo após a partida com o Grêmio Portoalegrense:
- Não queremos apenas chegar à Libertadores. Nosso objetivo é o título e vamos atrás dele - disse Juan na saída de campo.
É isso que queremos.

OS JORNAIS DO DIA SEGUINTE

O GLOBO

Fla joga com raça, vence o Grêmio e encosta nos líderes
Vitória de 2 a 1, com gols de Maxi e Toró, leva o time para o sexto lugar
Não foi uma grande exibição, mas valeu pelo empenho. Jogando com muita raça, o Flamengo venceu o Grêmio, ontem, no Maracanã, por 2 a 1, e, com 35 pontos, se aproximou dos líderes. O Grêmio, que continua em primeiro, perdeu sua terceira partida no Brasileiro, todas elas no Rio.
- Não queremos apenas chegar à Libertadores. Nosso objetivo é o título e vamos atrás dele - disse Juan na saída de campo.
Apesar de precisar da vitória, o Flamengo começou o jogo timidamente, esperando o Grêmio no meio-campo. Líder com cinco pontos de vantagem sobre o segundo colocado, o time gaúcho evitava se lançar ao ataque. O resultado foi que o jogo se arrastou entre as duas intermediárias nos primeiros 20 minutos.
O Flamengo só melhorou depois que Leonardo Moura perdeu boa chance aos 22 minutos. Quatro minutos depois o rubro-negro abriu o marcador. Juan arriscou de fora da área, o goleiro Victor falhou e Maxi completou. O Flamengo só não aumentou, aos 41, porque Victor fez grande defesa em chute cruzado de Juan.
Gol da vitória só
sai nos últimos minutos
O Flamengo recuou muito no segundo tempo. Trouxe o Grêmio para seu campo e passou a correr riscos. Cansado de ver seu time com a bola mas sem chegar ao gol rubro-negro, o técnico Celso Roth tirou o zagueiro Jean e pôs o atacante Reinaldo. Aos 30, Ibson fez grande jogada e rolou para Maxi, que chutou por cima. Logo depois, Makelele arriscou e Bruno fez boa defesa.
O Grêmio aumentou a pressão e acabou chegando ao empate, aos 37 minutos. Souza, ex-São Paulo, cobrou falta da intermediária e acertou o ângulo de Bruno. A torcida do Flamengo já protestava, quando Toró desempatou, aos 40, aproveitando confusão na área do Grêmio.
Flamengo: Bruno, Leonardo Moura, Fábio Luciano, Ronaldo Angelin e Juan; Jaílton, Aírton (Toró), Ibson e Kleberson (Obina); Marcelinho Paraíba e Maxi (Jônatas). Grêmio: Victor, Jean (Reinaldo), Pereira e Rever; Souza, Rafael Carioca, William Magrão, Tcheco e Anderson Pico (André Luís); Perea (Makelele) e Marcel. Juiz: Wilson Luís Seneme. Cartões amarelos: Jean,
Pereira, William Magrão, Toró. Renda: R$497.038. Público: 28.617 pagantes.


JORNAL DOS SPORTS

Flamengo bate o líder no Maracanã

Rubro-Negro vence por 2 a 1 o Grêmio e diminui diferença de pontos
O Flamengo venceu por 2 a 1 o líder do Campeonato Brasileiro, nesta quinta-feira. Com a vitória sobre o Grêmio, o time carioca subiu para a sexta posição e diminuiu a diferença para nove pontos.
O Flamengo começou buscando o ataque pela esquerda com o lateral Juan, enquanto o Grêmio se fechava na defesa com marcação forte. Aos 12 minutos, Aírton levou a bola pela intermediária, chutou, mas bateu em cima da zaga gaúcha. No rebote, Marcelinho Paraíba tentou também sem sucesso. O Rubro-Negro tinha mais volume de jogo e a equipe gaúcha não conseguia chegar ao ataque. Somente aos 19, o time de Celso Roth chegou. Souza arriscou um chute de fora da área sem perigo para o goleiro Bruno.
Até que aos 26, o prêmio para a torcida rubro-negra, inquieta no Maraca. Juan bateu de fora da área, o goleiro Victor deu rebote e Maxi tocou por cima. 1 a 0 para o Mengão. O gol manteve o time carioca no ataque, enquanto o líder do Brasileirão se acuava e não produzia. No final do primeiro tempo, aos 41, Marcelinho tocou para Juan, que chutou rasteiro, mas Victor fez boa defesa.
No início da segunda etapa, o Flamengo não mudou a postura e seguia atacando o adversário. O Grêmio começou a chegar com jogadas de bolas aéreas para explorar os seus jogadores altos na área. A partida ficou mais corrida e o Tricolor gaúcho fazia faltas violentas para parar o ataque rubro-negro. O juiz Wilson Luis Seneme aplicou alguns cartões amarelos para minimizar a violência do Tricolor. O Rubro-Negro estava pedindo para levar o gol de empate. Até que aos 37, Souza bateu falta forte. A bola passou no meio da barreira e entrou. 1 a 1 no Maraca. A alegria gaúcha durou pouco. Três minutos depois, Marcelinho Paraíba entrou na área e chutou. A bola bateu na zaga, sobrou para Toró, sozinho, colocar para o fundo das redes. 2 a 1 para o Mengão. O Grêmio não reagiu e os três pontos foram para a Gávea.
O próximo jogo do Flamengo é domingo, no Beira-Rio, contra o Internacional, às 16h.


O DIA

Fla derrota o líder Grêmio por 2 a 1

O técnico Caio Júnior prometeu um time diferente e aguerrido na partida contra o líder Grêmio. E foi com muita raça e empurrado pela ‘nação’, que o Rubro-Negro venceu o tricolor gaúcho, por 2 a 1, nesta quarta-feira, no Maracanã.
Maxi abriu o placar para o time da Gávea, mas Souza empatou de falta para os gaúchos. Porém, no fim, Toró saiu do banco de reservas para decretar o triunfo do clube carioca, que chegou a 6ª posição, com 35 pontos.
Domingo, dependendo dos resultados da rodada, o time da Gávea pode voltar ao G4 se vencer o Internacional, em Porto Alegre.
Mesmo reforçado de Juan, que voltou após cumprir suspensão, o Flamengo esbarrou no início da primeira etapa na forte marcação do líder do Brasileirão. O time da Gávea tinha até mais posse de bola, mas não conseguir criar boas chances.
A primeira oportunidade de balançar as redes só veio aos 24min, e através de uma jogada armada pelo goleiro Bruno, que deu um chutão e conseguiu achar Marcelinho na esquerda. O atacante cruzou e Léo Moura pegou de primeira, mas encobriu a meta de Victor.
O gol rubro-negro estava maduro e ele veio dois minutos depois. Juan arriscou de fora da área, Victor bateu roupa e Maxi, em posição legal, pegou o rebote e tocou no ângulo do gol gremista.
O gol incendiou o jogo, principalmente o time da casa, que por pouco não ampliou aos 41min. Juan recebeu de Marcelinho e, de fora da área, chutou forte e cruzado, mas Victor espalmou e a bola tocou caprichosamente na trave esquerda do goleiro do Grêmio.
Já os visitantes, demonstraram pouco na primeira etapa para um time que lidera uma competição tão difícil quanto o Brasileirão. Somente conseguiram chegar aos 34, quando Bruno agarrou sem problemas uma cabeçada de Marcel.
No segundo tempo, o Flamengo continuou correndo muito e criando oportunidades. Porém, o Rubro-Negro foi castigado aos 37min, quando Souza acertou uma bomba, de falta, no ângulo de Bruno: 1 a 1.
Mas a noite era rubro-negra. Três minutos depois, Toró, que entrou no lugar de Aírton, aproveitou a sobra de um chute de Marcelinho, que bateu na zaga, e arrematou forte, sem chances para Victor. O Grêmio ainda tentou empatar, mas Bruno fez grande defesa num chute de longe e garantiu a vitória.

PAPO DE TORCEDOR

O Mengão ontem jogou bem. Voltou a jogar em velocidade e marcar forte no meio. Até o Ibson largou mais a bola!! É bonito ver quando se rouba uma bola no meio e corre Paraíba, Juan, Max e Léo Moura - tendo opções sempre seremos perigosos no ataque. Sabe o que falta no ataque do Flamengo? O Souza!!!! Se o cara estivesse por aí, ontem seriam uns 3 gols de diferença - todos se beneficiam quando se tem alguém fazendo o pivo, e o Flamengo hoje não tem, e nem sei se terá. Ontem quase aconteceu mais uma tragédia grega com aquele gol do Grêmio aos 37. E daí abrem-se 3 questões: 1o - O Toró ainda não aprendeu que não se faz falta na entrada da área??? 2o - Por que o Léo Moura não pulou na barreira? Estava com medo da bola?? e 3o - Como o Bruno toma gol de falta hein??!!! De sorte que Toró fez o gol da vitória, Léo correu bastante ontem e o Bruno ainda tem crédito na casa, salvou muitas contra o Santos. Mas, se não saí o gol do Mengão aos 40 minutos, talvez hoje teríamos algum abobado jogando bomba no treino do Flamengo. Graças a Deus não há Maldição que dure pra sempre!!!! Klebersom no meio, Paraíba voltando pra ajudar a armação, Airton muito firme e com o Ibson recuando um pouquinho ajeitou o meio. Agora vai!!!!! Xô urucubaca!!!! Mengão rumo ao Hexa!!! Eu acredito!!!

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

MENGÃO O MELHOR!!!

Apesar da péssima arbitragem o MENGÃO confirmou que é o melhor time do MUNDO!!! Jogou contra o líder e fez bonito!!! Creio que a partir de hoje começamos nossa escalada rumo à ponta....VALEU MENGÃO!!! 2X1 Em cima do Grêmio


Os pseudos cronistas

É incrível como a crônica esportiva brasileira está repleta de torcedores travestidos de cronistas.
Alguns, já anunciam que o Flamengo não tem mais chances de ser campeão e deve buscar uma vaga para Libertadores como único objetivo no atual campeonato. Outros, já classificam como: "Missão Impossível" se aproximar do virtual campeão (Grêmio).
A sensação que temos, é que esses indivíduos, que ganham dinheiro dos órgão de comunicação, sem a devida competência, não estão lembrados do campeonato passado onde o nosso "mengão queridão" saiu dos rebaixados para estar no G4 ou desconhecem a campanha do próprio Botafogo que hoje está no G4, e na 8a. rodada era o 16o. colocado.
Vale a pena aguardar pra ver como fica! E, de uma coisa tenham certeza... Nós acreditamos que vamos chegar e isso nos basta!

HOJE TEM FLAMENGO X GREMIO

O GLOBO
Sem estar pronto, Fla enfrenta o líder
Time recebe o Grêmio e Marcelinho Paraíba convoca a torcida para sua estréia no Maracanã
Carlos Eduardo Mansur
O primeiro encontro entre Marcelinho Paraíba e a torcida do Flamengo acontecerá justamente na partida que, para a comissão técnica, pode ser a última esperança de sonhar com o título do Campeonato Brasileiro. Hoje, às 20h30m, no Maracanã, o rubro-negro enfrenta o Grêmio, líder da competição, e tenta começar a descontar a diferença de 12 pontos que o separa do time gaúcho.
Ao mesmo tempo que considera o jogo uma final, o técnico Caio Júnior chega ao duelo com o Grêmio sem ter nas mãos, ainda, um elenco que considere pronto. Ontem, na Gávea, o argentino Sambueza foi ao campo pela primeira vez, mas ainda fará avaliação física. Josiel, Éverton, Fernando e Fernandão, contratados na última terça-feira, ainda não têm previsão de estréia.
Índice de faltas do Grêmio preocupa o Flamengo
Mesmo assim, Caio Júnior mostra otimismo:
- Josiel e Éverton serão importantes, fiquei contente. Fernando e Fernandão são apostas do clube, não conheço. Não sei se poderei contar com eles já. Mas o time fez bons treinos. A volta do KIeberson pode fazer a equipe entrar mais na área.
Kleberson, recuperado de uma luxação no ombro, vai substituir Cristian, que foi expulso contra o Santos.
Diante de tamanho desafio, Marcelinho Paraíba, que formará com Maxi a 13ª dupla de ataque do time neste Brasileiro, pede a ajuda da torcida.
- Peço que a torcida compareça e nos ajude para que o Flamengo continue com chance de título. Não vai ser fácil. Mas enfrentar um ex- clube dá uma motivação maior - disse ele.
Marcelinho ficou sete meses no Grêmio, mas diz não ter dúvidas sobre comemorar ou não um gol hoje.
- Sou 100% Flamengo. Minha passagem pelo Grêmio foi boa, mas é passado. Quero fazer história aqui também. Espero fazer muitos gols pelo Flamengo e comemorar muito. Pode até ter uma surpresa - brincou Marcelinho, que planeja pintar o cabelo de vermelho e preto.
Algumas características do Grêmio pesaram na escolha da escalação rubro-negra. Ao trocar Toró por Aírton, que formará a dupla de volantes com Jaílton, Caio Júnior levou em conta a estatura do rival. Apesar de ser mais alto, Maxi entrará no lugar de Obina. Caio disse que o argentino foi bem contra o Santos.
- Obina tem tido atuações melhores entrando no decorrer do jogo - disse Caio.
Ele destacou outro fator:
- O Grêmio é o time que mais faz faltas no Brasileiro. Sabe fazer a falta no lugar certo.
Além de Éder, Fabrício e Rômulo, o Flamengo cedeu o meia Camacho, dos juniores, ao Paraná, para ter Éverton. O clube fez uma consulta à CBF, já que o jogador já foi registrado por dois clubes neste ano. A diretoria garante ter aval para inscrevê-lo.
Flamengo: Bruno, Leonardo Moura, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Juan; Jaílton, Aírton, Ibson e Kleberson; Marcelinho Paraíba e Maxi. Grêmio: Victor, Jean, Pereira e Réver; Souza, Rafael Carioca, William Magrão, Tcheco e Anderson Pico; Perea e Marcel. Juiz: Wilson Luiz Seneme (SP).

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Títulos do Mengão



Títulos Nacionais

Campeonatos Brasileiros 1980, 1982, 1983, 1987 e 1992

Torneio Rio-São Paulo 1961

Triangular do Paraná 1953

Troféu Embaixador Oswaldo Aranha 1956

Troféu Magalhães Pinto 1961

Triangular de Goiás

Torneio Gilberto Alves 1965

Quadrangular do Espírito Santo 1965

Torneio do Povo (Interestadual) 1972

Quadrangular de Jundiaí 1975

Quandrangular do Mato Grosso 1976

Torneio de Nova Friburgo 1990

Torneio de Varginha 1990

Torneio TV Bandeirantes 1997

Copa dos Campeões Mundiais 1997

Copa do Brasil 1990 (invicto) e 2006

Copa dos Campeões 2001


Títulos Internacionais

Mundial Interclubes 1981

Taça Libertadores da América 1981

Copa Mercosul 1999

Copa Ouro 1996

Quadrangular de Lima (Peru) 1952

Quadrangular da Argentina 1953

Torneio Internacional do Rio de Janeiro 1954

Torneio Quadrangular Gilberto Cardoso 1955

Torneio Internacional do Morumbi 1957

Quadrangular de Israel 1958

Hexagonal do Peru 1959

Octogonal do Verão da Argentina 1961

Triangular de Túnis (Tunísia) 1962

Troféu Naranja (Espanha) 1964 e 1986

Taça Associação Nacional de Guaiaquil (Equador) 1966

Troféu Mohamed V (Marrocos) 1968

Torneio de Verão do Rio 1970 e 1972

Quadrangular de Goiás 1975

Taça Palma de Mallorca (Espanha) 1978

Ramon de Carranza (Espanha) 1979 e 1980

Troféu Cidade de Santander (Espanha) 1980

Copa Punta Del Este (Uruguai) 1981

Quadrangular de Nápoles (Itália) 1981

Torneio Air Gabon (Gabão) 1987

Troféu X Aniversário do 1º de Maio FC (Angola) 1987

Copa Kirin (Japão) 1988

Torneio Colombino Huelva (Espanha) 1988

Copa Porto de Hamburgo (Alemanha) 1989

Copa Marlboro (EUA) 1990

Torneio Libertad (Argentina) 1993

Torneio See Kuala Lampur (Malásia) 1994



Títulos Estaduais

Campeonato Carioca (29):
1914/15, 1920/21, 1925, 1927, 1939, 1942/43/44, 1953/54/55, 1963, 1965, 1972, 1974, 1978/79/79, 1981, 1986, 1991, 1996, 1999/2000/2001, 2004 e 2007.

Taça Guanabara (15):
1970, 1972/73, 1978/79/80/81/82, 1984, 1988/89, 1995/96, 1999, 2001, 2007.

Taça Rio (7):
1978, 1983, 1985/86, 1991, 1996 e 2000.

Torneio Início do Rio de Janeiro (6):
1920, 1922, 1946, 1951/52 e 1959.

Campeonato de Aspirantes do Rio de Janeiro (9):
1912/13/14, 1916/17/18, 1955/56 e 1970.

Torneio Extra do Rio de Janeiro:
1934

Torneio Aberto do Rio de Janeiro:
1936

Torneio Relâmpago do Rio de Janeiro:
1943

Campeonato da Capital:
1991

Copa Rio:
1991

Troféu São Sebastião:
1999, 2000

Taça Madame Gaby Coelho Neto:
1916

Troféu América Fabril:
1919 e 1922

Maycon Santana

Confira o vídeo do Maycon:
video

Fla firma o primeiro contrato profissional de ‘craque da internet’

Aos 16 anos, Maycon Santana está no time juvenil rubro-negro

Enquanto contrata “apostas” para o time profissional, o Flamengo também fortalece as divisões de base. Nesta semana, o clube acertou o primeiro contrato profissional de Maycon Santana, que completou 16 anos em julho.
O jogador foi indicado ao Rubro-Negro por um vídeo no Youtube. Posteriormente, o coordenador de arrecadação, Flávio Pereira, viajou ao sertão baiano, na cidade de Adustina, para observá-lo e decidiu leva-lo para o Fla no ano passado.
No momento, Maycon está no primeiro ano de juvenil e foi titular recentemente na Copa Macaé.
- Ele teve um início complicado porque saiu do interior para a cidade grande. Mas agora está ótimo. Recebia uma ajuda de custo e agora fizemos o primeiro contrato profissional, com assinatura da mãe dele – diz Flávio Pereira.
Agora, o apoiador tem compromisso com o Flamengo até julho de 2010. (GLOBO.COM)

ESTAVA NO "JORNAL DOS SPORTS"

Afinador da orquestra rubro-negra

Kleberson volta ao time do Flamengo com a missão de devolver-lhe o bom futebol

Desde que começou a vertiginosa queda do Flamengo na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o técnico Caio Júnior faz questão de frisar que o principal motivo para a perda de fôlego de sua equipe é a falta feita por Kleberson, há um mês machucado. Valorizado pelo treinador, ele mal voltou aos treinamentos e já ganhou uma vaga de titular no time que enfrentará o Grêmio, amanhã, no Maracanã, partida considerada pelo treinador como uma verdadeira final.Além dessa, outras mudanças prometidas pelo treinador irão acontecer.
A principal delas é a barração de Obina que dará lugar ao argentino Maxi, elogiado pelo treinador no empate com o Santos. No meio-de-campo, além de Kleberson, Caio promoverá a entrada de Aírton. Toró irá para o banco.
No coletivo de ontem na Gávea, Kleberson teve atuação destacada e, ao lado de Juan e Maxi, comandou o time titular que goleou os reservas em um impressionante 6 a 0. Gols de Maxi (2), Juan, Kleberson, Marcelinho e Thiago Sales, contra.
Sem atuar há praticamente um mês, em razão de uma luxação no ombro direito, Kleberson não foge à responsabilidade. Antes cobrado por não conseguir repetir no Flamengo o futebol que o levou ao título mundial em 2002 com a Seleção Brasileira, ele volta como o salvador de um time que parece ter esquecido o que é um bom futebol. Bem fisicamente, ainda não está totalmente confiante quanto ao seu ombro, mas acredita que pode dar ao meio-de-campo o toque de bola tão sonhado pelo técnico Caio Júnior.
“Estou preparado para voltar. A lesão no ombro não me prejudicou fisicamente porque pude continuar treinando. Estou tranqüilo e só pensando em ajudar o time. O importante hoje é estar liberado e à disposição”, disse.
Para Kleberson, o momento da virada é agora e coincide com a sua volta ao time. Segundo ele, o jogo com o Grêmio será o mais importante do ano, e as vitórias no Maracanã, que tanto vêm faltando neste Brasileirão, têm de começar a aparecer agora. É matar ou morrer.
“Teremos o nosso jogo mais importante do segundo turno. Se vencermos, ganhamos um novo ânimo para continuar brigando na competição. Se queremos mesmo o título, temos de vencer esse jogo em casa. Estamos com dois bons resultados, e o momento é de conseguirmos mais um. O Maracanã é fundamental para o Flamengo. Contamos com a torcida”, conclamou o jogador.

terça-feira, 19 de agosto de 2008

Fla contrata o vice-artilheiro da Série C


O Flamengo fechou na noite desta terça-feira a contratação de quatro reforços: além do anunciado Fernando, ex-Mixto, o time finalizou as aquisições dos atacantes Josiel e Fernandão, ex-América, e do meia Everton, ex-Paraná.
O último havia acertado com o clube a partir de janeiro de 2009. Entretanto, a diretoria rubro-negra conseguiu antecipar a apresentação e cedeu Rômulo, Fabrício e Éder para o time paranista até o fim do ano.
Fernando é o vice-artilheiro da Série C, com dez gols, e deve custar aos cofres rubro-negros R$ 100 mil. De acordo com o diretor de futebol do Mixto, Joebson Pinheiro, o Rubro-Negro também se comprometeu a realizar um amistoso em Cuiabá. O jogador teve uma rápida passagem pelas divisões de base do Palmeiras, mas não se adaptou e abandonou a carreira. Retornou ao futebol profissional neste ano e foi destaque tanto no Estadual quanto na Série C.
Josiel é o mais conhecido dos quatro, já que teve uma boa passagem pelo Paraná Clube no ano passado. O Flamengo tentou sua contratação há algumas semanas, mas havia desistido por causa de um pedido da esposa do jogador, que não deseja voltar ao Brasil, pois estava adaptada à vida nos Emirados Árabes, onde o marido defendia o Al-Wahda.

Fernandão, ex-América, também acerta
Fernandão defendeu o América durante o Campeonato Carioca deste ano e marcou cinco gols. É mais um atacante para o elenco de Caio Júnior.
O vice-presidente de futebol do Rubro-Negro, Kleber Leite, explicou os negócios:
- O Josiel está resolvido. Ele está na pré-temporada com o Al-Wahda em Stuttgart e deve vir direto para cá. Conseguimos a liberação imediata do Everton com o Paraná e emprestamos três jogadores. Já o Fernando é um jogador que o Brasil inteiro estava em cima. Nós pegamos emprestado até o fim de 2009. O Fernandão conseguimos interceptar antes de ele seguir para Israel.
As contratações, segundo Kleber, não fecham o elenco do Flamengo neste Brasileirão. Ainda há negociações em andamento.

Fichas dos reforços:

Nome: Josiel da Rocha Posição: atacante
Idade: 28 anos (7/8/1980, Pelotas-RS)
Clubes: Brasil de Pelotas, Inter de Santa Maria, Juventude, Brasiliense, Paraná e Al-Wahda
Contrato com o Fla: empréstimo até julho de 2009, com opção de compra

Nome: Everton Cardoso da Silva Posição: apoiador
Idade: 19 anos (11 de dezembro de 1988, Nortelândia-MT)
Clube: Paraná

Nome: Fernando Ribeiro Fernandes Posição: apoiador
Idade: 22 anos (16/7/1986, em Goiânia-GO)
Clube: Mixto-MT
Contrato com o Fla: empréstimo até dezembro de 2009, com opção de compra

Nome: José Fernando Vieira Santos (Fernandão)
Posição: atacante
Idade: 21 anos
Clubes: América-RJ (fonte: globo.com)

Titulares aplicam goleada de 6 a 0 em coletivo

Maxi formou a dupla de ataque com Marcelinho. No meio, Airton e Kleberson ganharam uma chance.

O elenco do Flamengo voltou aos trabalhos nesta manhã de terça-feira, na Gávea. Caio Júnior organizou um treinamento coletivo para preparar a equipe rubro-negra para o confronto decisivo de quinta-feira, contra o líder Grêmio, no Maracanã.
Na atividade, o treinador testou uma nova formação, com Maxi e Marcelinho Paraíba no ataque, e Airton e Kleberson no meio-de-campo. Os titulares tiveram grande atuação e venceram os reservas por 6 a 0, gols de Maxi (2), Juan, Kleberson, Marcelinho Paraíba e Thiago Sales (contra).
A equipe titular treinou com: Bruno, Léo Moura, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Juan; Jailton, Airton, Ibson e Kleberson; Maxi e Marcelinho Paraíba. Os reservas entraram em campo com: Diego, Leonardo, Thiago Sales e Fabrício; Luizinho, Toró, Jônatas, Erick Flores e Eltinho; Éder e Obina.
O atacante Vandinho, que se recupera de uma lesão na coxa direita, fez um trabalho de diferenciado do restante do elenco e não enfrenta o Grêmio. O argentino Sambueza está em Bueno Aires resolvendo problemas de documentação e também não enfrenta o time gaúcho nesta quinta-feira. (fonte:agênciafla)

Vandinho

Para quem reclamou, estamos postando também, alguns gols do Vandinho:
video

"Jogo contra o Grêmio é uma decisão”


Lateral pede o apoio da torcida rubro-negra para a partida decisiva de quinta-feira.
Um dos destaques do Flamengo neste Campeonato Brasileiro, o lateral-esquerdo Juan quer o grupo rubro-negro encarando a partida de quinta-feira, contra o Grêmio, como uma decisão. Para o camisa 6, que volta depois de cumprir suspensão, o Flamengo tem que fazer o dever de casa e vencer no Maracanã.
-“É a hora de recuperar os pontos perdidos e a autoconfiança. É um jogo essencial para as nossas pretensões no Campeonato Brasileiro. Temos que encarar como uma decisão. Se quisermos pensar em título novamente, temos que vencer. Não tivemos bons resultados no Maracanã contra os adversários diretos, e temos que voltar a vencer em nossa casa. Conto com o apoio da torcida”.
O jogador elogiou a qualidade da equipe gaúcha. Segundo Juan, o Grêmio não está na ponta da tabela por acaso.
-“O Grêmio é o time a ser batido e temos que sair com três pontos a qualquer custo. Eles estarem na ponta não é surpresa. É um grande Clube, e tem um excelente time. O Grêmio tem uma equipe forte, que marca muito bem. Temos que ter atenção com as bolas paradas, porque eles marcaram muitos gols assim”.(fonte:AGENCIAFLA)

Sambueza

Vamos conferir alguns lances desse atacante (meia esquerda) que deverá, em breve, estar jogando no Flamengo:
video

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

O futebol de Sambueza

Você já conhece o futebol de Sambueza?
Confira o vídeo com com um de seus gols:
video

Reservas vencem juniores com gol de Kleberson


Apoiador treina bem e deve voltar reaparecer contra o Grêmio, na quinta-feira.
Depois de empatar em 2 a 2 com o Santos, ontem, na Vila Belmiro, o elenco do Flamengo se reapresentou nesta tarde de segunda-feira, na Gávea. A comissão técnica começa a preparar a equipe para o jogo de quinta-feira, contra o Grêmio, no Maracanã.
Enquanto os titulares faziam um trabalho de recuperação muscular na academia, o restante do elenco participou de um coletivo contra a equipe de juniores. Os reservas venceram por 1 a 0, gol de Kleberson. O camisa 15 está recuperado de dores musculares e tem boas chances de enfrentar o Grêmio.
A equipe reserva enfrentou os juniores com: Marcelo Lomba, Luizinho, Dininho, Leonardo e Juan; Airton, Jônatas, Kleberson e Erick Flores; Éder e Paulo Sérgio.
Vandinho, que se recupera de uma contratura na coxa esquerda, deu apenas voltas ao redor do campo.

(fonte! AgênciaFla)